• Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Social Icon

© 2017 by Ordem dos Psicólogos Portugueses

Direitos e deveres do Psicólogo Júnior

Enquanto Psicólogo Júnior, tens o direito de:

 

- Ser apoiado pela Ordem na defesa dos teus direitos e interesses profissionais;

- Aceder a todos os meios de comunicação institucional disponíveis aos membros;

- Aceder aos recursos técnicos e científicos disponibilizados pela Ordem;

- Aceder aos benefícios protocolados pela Ordem com quaisquer instituições;

- Receber no mínimo uma hora de orientação por semana;

- Avaliar a qualidade da orientação do teu Ano Profissional Júnior aquando do seu término;

- Participar no Curso de Formação Inicial Psicólogo Júnior, organizado pela Ordem.

- Transitar para Membro Efectivo da Ordem após a conclusão do teu Ano Profissional Júnior.

 

Enquanto Psicólogo Júnior, tens o dever de:

 

- Respeitar o Estatuto da Ordem, o Código Deontológico e os Regulamentos;

- Respeitar as regras e condições definidas pela entidade empregadora;

- Ser orientado por um Membro Efectivo com pelo menos cinco anos de experiência profissional;

- Respeitar e ser leal para com o Orientador e para com a entidade empregadora;

- Participar na definição dos parâmetros do funcionamento e orientação do Ano Profissional Júnior;

- Registar as horas de actividade realizadas (que serão validadas pelo Orientador);

- Colaborar em todas as actividades, trabalhos e acções de formação que decorram durante o Ano Profissional Júnior;

- Contribuir para a boa reputação da Ordem e abster -se de práticas que a prejudiquem;

- Elaborar e apresentar um relatório final que descreva fielmente as actividades desenvolvidas durante o Ano Profissional Júnior;

- Realizar os pagamentos previstos no Regulamento de Quotas e Taxas da Ordem. 

 

Clica para acederes ao "Manual do Psicólogo Júnior"

 

Regressar >>

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload